Meu Quarto.

24 08 2009

desde que me isolei dos homens,

vivo trancado num quarto escuro e abafado.

Nele, o ruido do computador é constante,

e todos podem viver em paz.

———————————————————

Vez por outra alguém entra:

não lhes dou a honra da minha curiosidade.

Desprezo todos os visitantes.

Ocasionalmente me chamam,

———————————————————

finjo que nem ouço.

Passei grande parte da minha vida,

deitado aqui sem fazer nada.

———————————————————-

Escrevo só para fazer de conta que vivi.

Aqui, onde passo as semanas sozinho,

abro meu DS e cheiro sua telas.


Ações

Informação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: