União Européia proibe o uso do nome “Cannabis” em bebidas alcoólicas.

21 11 2009

“Cannabis” não pode ser usado como marca para bebidas alcoólicas, porque os consumidores podem achar que contém

Cannabis sativa conhecida como Maconha

maconha, segundo a decisão divulgada dia 19 (quinta-feira) pelo Tribunal de Primeira Instância da União Européia.
Para o tribunal, esse nome “condiciona a decisão do consumidor, que se sentirá atraído pela possibilidade de conseguir sensações similares às que obteria consumindo cannabis”.

 

Assim, o tribunal da UE confirma a sentença que já tinha sido ditada pelo escritório de marcas comunitário (OAMI) diante do recurso apresentado por um empresário italiano, denunciado por vender bebidas alcoólicas com o nome “cannabis”.

O empresário defendia poder continuar vendendo suas bebidas com este nome, porque “cannabis” está presente no mercado italiano como marca desde 1996 e, desde 1999, adquiriu notoriedade como marca comunitária de vinhos, cervejas e bebidas alcoólicas”.

Anúncios

Ações

Information

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: