Milhares de pessoas participam de uma evacuação zumbi

14 10 2013

Isso mesmo, você não leu errado
Milhares de pessoas participaram do  Zombie Evacuation Race (Corrida de Evacuação Zumbi, em português), evento que foi sediado no Reino Unido, em uma área de 5km, onde os participantes tinham como objetivo chegar ao final do trajeto sem serem pegos.
Cada Participante começava a corrida com 3 faixas, e cada vez que eram capturados pelos zumbis uma de suas faixas era pega, sendo assim, quem chegasse no final do percurso com ao menos uma faixa era consagrado sobrevivente.

Alguns tentavam correr..

Alguns tentavam correr..

Continue lendo »





Bush canta Sunday, Bloody Sunday

22 04 2010

– Veja a música original aqui

E Tony Blair canta Shoul I Stay, or Should I Go

– Veja a música original aqui

By: Luca Lobo





Pontes Estranhas ao Redor do Mundo

11 04 2010

Estas pontes estão localizadas em Amsterdam. Três pontes vermelhas, metálicas  e incomuns se estendem sobre a água entre as ilhas de Bornéu e Sporenburg. Duas destas três pontes possuem um comprimento de 90m e a ponte em 3D possui 25 metros de comprimento. A ponte de pedestres é a mais incomum.

 

Nas profundezas da zona rural da Rússia existe um lugar com um objeto estranho. É feita apenas de madeira e é chamado de “The Half-Bridge of Hope”.
É uma ponte estranha, que de um lado da colina se estende uma escada que acaba de repente, sem chegar ao outro lado. Não tem qualquer sentido lógico ou objetivo prático, apenas é um objeto de arte situado em uma das inúmeras aldeias russas.

Continue lendo »





J.K. Rowling é acusada de plágio

18 02 2010

A escritora J.K. Rowling está sendo processada por ter supostamente roubado ideias para livros da série ”Harry Potter” de outro autor britânico. Os herdeiros de Adrian Jacobs incluíram Rowling como ré no processo contra a editora

Primeiro James Cameron e agora ela?

Bloomsbury Publishing PLC por infringir direitos autorais. A inclusão do nome da autora ao processo foi divulgada em comunicado divulgado ontem na Austrália, onde os representantes dos herdeiros de Jacobs estão baseados.

O processo, que corre em uma corte de Londres, acusa Rowling de copiar parte substancial de um livro de Jacobs, de 1987, em ”Harry Potter e o Cálice de Fogo”. Os herdeiros de Jacobs acusam a autora também de ter usado ideias de ”Willy the Wizard” em outros volumes da série ”Harry Potter”. Jacobs morreu em Londres em 1997. ”Harry Potter e o Cálice de Fogo” é o quarto livro da série de Rowling e foi publicado em julho de 2000. “Estimo que é um caso de meio bilhão de dólares”, disse Max Markson, representante dos herdeiros de Jacobs.

J.K. Rowling afirma que a acusação é completamente falsa. “Fico triste com essa acusação de eu ter usado material de outra fonte para escrever Harry”, disse ela. “O fato é que nunca ouvi falar desse autor ou desse livro antes da primeira acusação dos herdeiros em 2004; nunca li o livro.” Em junho, a Bloomsbury disse que a acusação de plágio era “sem fundamento nem substância e totalmente falsa”. A editora diz que a primeira aproximação dos herdeiros de Jacobs aconteceu em 2004, mas eles não souberam identificar nenhum texto de ”Harry Potter” que tivesse sido copiado de ”Willy the Wizard.” No comunicado dos herdeiros do escritor, há ainda referência a medidas legais contra os filmes e o parque de diversões inspirados nos livros.

By: Luca Lobo





Alice no País das Maravilhas está sendo boicotado

17 02 2010

A situação está complicada para a Walt Disney Pictures em relação ao lançamento de Alice no País das Maravilhas. Ao

Mickey, Mickey, sempre arrumando confusão...

menos em relação aos cinemas europeus. A decisão em diminuir o período da janela entre os lançamentos do filme nos cinemas e em DVD/Blu-ray, de 16 para 12 semanas, tem gerado protestos dos exibidores. E alguns deles já anunciaram que pretendem boicotar o filme, sem exibi-lo em suas salas.
Esta foi a decisão dos grupos Minerva, Pathé, Wolff e Jogchems, que detêm o controle de 80 a 85% das salas de cinema da Holanda. “Todos nós perderemos dinheiro com esta decisão, já que esperamos que este seja um dos filmes mais populares do ano. Mas decidimos que é preciso enviar uma mensagem à indústria: se não aceitarem nossos termos, jamais exibiremos seus filmes novamente”, declarou Youry Bredewold, representante da Pathé e do sindicato local dos donos de cinema.
Uma situação menos drástica ocorre na Inglaterra, onde três cadeias exibidoras – Odeon, Vue e Cineworld – também protestam pela decisão da Disney. Só que, ao invés de não exibirem o filme, elas resolveram não mais exibir seu trailer nem divulgá-lo com cartazes. As três empresas possuem cerca de 60% das salas convencionais e em torno de 90% das salas 3D do Reino Unido. Para contornar a situação, o estúdio do Mickey enviou na semana passada os executivos Bob Chapek e Chuck Viane, para negociar com os exibidores locais.
Já nos Estados Unidos, a decisão foi aceita sem grandes protestos pelos exibidores americanos.

By: Luca Lobo





Curiosidades…

21 01 2010

– Uma gota de óleo torna 25 litros de água imprópria para o consumo. (guia prático de como acabar com a vida na Terra…)

– Na Inglaterra, até 1884, uma mulher podia ser presa por negar sexo a seu marido. (Só até 1884?? Aff…) [[Brinks garotas]]

– Se você peidar constantemente durante 6 anos e 9 meses, terá produzido gás suficiente para criar a energia de uma bomba atômica. (guia prático de como acabar com a vida na Terra, capítulo II)

– 23% dos problemas em fotocopiadoras são provocados por usuários que se sentam nelas para copiar as nádegas. (Espíritos de porco viu…)

– O orgasmo do porco dura 30 minutos. (Holy orgasmo!!)

– Na China antiga, mulheres não podiam tocar nas espadas. Então, cometiam suicídio comendo 500g de sal. (Não comam comida muito salgada…)

– Uma mulher diz por volta de 20 mil palavras por dia e um homem recorre a cerca de 7 mil. (sempre soube…)

– À cada dia acontecem 120 milhões de relações sexuais no mundo. O número de masturbações é pelo menos 15 vezes maior. (uou, juro que não contribuo à esses números)

– “J” é a única letra que não aparece na tabela periódica. (Tadinho!)

– É impossível espirrar com os olhos abertos. (quem nunca tentou?)

– O músculo mais potente do corpo humano é a língua. (dá pra ter a língua bombada??)

– Em 1997, as linhas aéreas americanas economizaram US$ 40.000 eliminando uma azeitona de cada salada. (Little by Little…)

– As formigas se espreguiçam pela manhã quando acordam. (mas é claro, senão fica tudo travado…)

– Bater a cabeça na parede queima 150 calorias por hora. (e vários neurônios…)

A Coca-Cola era verde. (Meu vômito também… Hoje em dia ele é amarelo…)

– Os olhos de um hamster podem cair se você pendurá-lo de cabeça pra baixo. (POBRES HAMSTERS, COMO SOFREM NAS MÃOS DE CRIANÇAS)

– Uma barata vive 9 dias sem a cabeça. (Mais resistente que qualquer Highlander)

– Astronautas não conseguem arrotar no espaço – não existe gravidade para separar os líquidos dos gasosos no estômago deles. (É uma zona…)

Ratos fazem sexo 20 vezes por dia. (Isso é bom ou ruim?)

O olho do avestruz é maior do que seu cérebro. (O do MC créu também…)

Mais germes se transferem em um aperto de mãos que em um beijo. (À que tipo de beijo a afirmação se refere?)

– Besouros tem gosto de maçã, marimbondos tem gosto de nozes e vermes tem gosto de bacon frito. (Verdade, podem experimentar)

– Em Hong Kong, uma mulher tem o direito legal de matar seu marido se ele a trair. (Chineses…)

– Meninos com nomes estranhos geralmente tem mais problemas mentais que as meninas. (“Pedro” é um nome estranho?)

Rir durante o dia faz com que você durma melhor à noite. (AUHSUHASUHASUHASUHAUSHAUSHUASHAUSHAS)

Fonte: Retuíte isso!

by: Pedro A.





Maior tesouro anglo-saxão da Grã-Bretanha achado por amador

26 09 2009
Um inglês que caçava objetos antigos no campo usando um detector de metais encontrou o que especialistas dizem ser a maior coleção de ouro anglo-saxão já descoberta na Grã-Bretanha. São 1,5 mil peças em ouro e prata, a maioria delas artefatos de guerra adornados com pedras preciosas, que os especialistas acreditam datar do século VII.
O tesouro foi encontrado em julho, em uma fazenda no condado de Staffordshire, no oeste da Inglaterra, pelo inglês Terry Herbert. O achado deve ser assunto de décadas de debates entre arqueólogos e historiadores. “Isto vai alterar nossa percepção da Inglaterra anglo-saxã”, disse a especialista Leslie Webster, ex-funcionária do Departamento de Pré-História e Europa do Museu Britânico.
As peças estão sob a guarda do Birmingham Museum and Art Gallery, na cidade inglesa de Birmingham. Uma seleção com alguns dos objetos mais importantes vai ficar em exposição no Birmingham Museum entre o dia 25 de setembro até o dia 13 de outubro. Depois da exposição, a coleção segue para o Museu Britânico para ser avaliada por especialistas, um processo que pode demorar mais de um ano.
Drama
Em termos de quantidade, a descoberta é sem precedentes – cerca de cinco kg de ouro e 2,5 kg de prata. É impossível, no momento, saber ao certo a história do tesouro. Os especialistas suspeitam, no entanto, de que a história esteja repleta de drama e, possivelmente, sangue.
O arqueólogo Kevin Leahy, responsável por catalogar o material, disse que a qualidade das peças indica que teriam pertencido à realeza anglo-saxã. São centenas de objetos, entre eles, peças usadas para adornar espadas e fragmentos de elmos (capacetes de armaduras medievais). O tesouro inclui também três cruzes e uma placa de ouro trazendo uma inscrição bíblica.
“Parece uma coleção de troféus, mas é impossível saber se o tesouro resulta de saques feitos após uma única batalha ou se foi acumulado ao longo de uma longa e bem-sucedida carreira militar”, disse Leahy. “Não sabemos como (o tesouro) acabou sendo enterrado naquele campo, talvez tenha sido um tributo aos deuses pagãos”, especula o arqueólogo. “Ou talvez tenha sido escondido por conta de uma ameaça muito real”.
Para Leahy, a terrível ameaça que levou alguém a enterrar o tesouro provavelmente se concretizou, já que as peças nunca foram desenterradas. “Quando fizermos mais estudos sobre o maerial, poderemos dizer mais”, disse.

Um inglês que caçava objetos antigos no campo usando um detector de metais encontrou o que dizem ser a maior coleção de ouro anglo-saxão já descoberta na Grã-Bretanha. São 1,5 mil peças em ouro e prata, a maioria delas adornados com pedras preciosas, do século VII. O tesouro foi encontrado em julho, no condado de Staffordshire, no oeste da Inglaterra, pelo inglês Terry Herbert.

Um anel de ouro adornado com uma pedra preciosa estava entre os artefatos encontrados.

Um anel de ouro adornado com uma pedra preciosa estava entre os artefatos encontrados.

As peças estão sob a guarda do Birmingham Museum and Art Gallery, na cidade inglesa de Birmingham. Uma seleção com alguns dos objetos mais importantes vai ficar em exposição no Birmingham Museum entre o dia 25 de setembro até o dia 13 de outubro. Depois da exposição, a coleção segue para o Museu Britânico para ser avaliada por especialistas.

O arqueólogo Kevin Leahy disse que a qualidade das peças indica que teriam pertencido à realeza anglo-saxã. “Parece uma coleção de troféus, mas é impossível saber se o tesouro resulta de saques feitos após uma única batalha ou se foi acumulado ao longo de uma longa e bem-sucedida carreira militar. Não sabemos como acabou sendo enterrado naquele campo, talvez tenha sido um tributo aos deuses pagãos. Ou talvez tenha sido escondido por conta de uma ameaça muito real”.

Fonte: Terra