Executivo flagrado vendo pornô no trabalho, não perderá emprego

7 02 2010

David Kiely , o executivo de um banco em Sydney, na Austrália, que foi flagrado vendo fotos da modelo

Miranda Kerr

Miranda Kerr nua em seu computador de trabalho enquanto um colega dava uma entrevista ao vivo na TV, não perderá seu emprego. O banco no qual Kiely trabalha, o Macquarie Bank, divulgou uma nota informando que realizou uma investigação sobre o caso e que o executivo não perderá seu cargo na empresa, de acordo com a BBC News. Na nota dizia que “Macquarie e o empregado se desculpam por qualquer ofensa que podem ter causado”. A gatíssima modelo das fotos visualizadas por Kiely, Miranda Kerr, se manifestou, dizendo que o executivo não deveria perder seu emprego por conta do que aconteceu. “Fiquei sabendo que há uma campanha na internet para que ele não seja demitido”, disse Miranda, de 26 anos, ao site australiano news.com.au. “Obviamente, assinarei esta petição”.Uma campanha na internet foi iniciada para ajudar o executivo a não perder o emprego, uma vez que o vídeo com o caso se tornou sensação na web. O vídeo no YouTube já teve mais de 1,3 milhão de visitas até a noite desta quinta-feira (4).

Saca só o vídeo:

(Reparem no cara lá no fundão).

By: Luca Lobo