Ilha Particular de Michael Schumacher

10 04 2010
shumaher_001
shumaher_002
shumaher_003
shumaher_004
tn_003

Quero uma dessa também…

by: Pedro A.





Peixe encontrado à 7,6 mil metros de profundidade

13 11 2009

As criaturas, de aparência estranha e coloração rosada, foram fotografadas quando nadavam na Fossa de Kermadec, uma vala situada no fundo do mar perto da costa neo-zelandesa.

A equipe de pesquisadores vinha estudando a área com uma sonda submarina construída para suportar grande pressão.
No ano passado, a mesma equipe registrou a presença de peixes a 7.700 metros – a maior profundidade em que peixes foram filmados até hoje, segundo a equipe.

As duas expedições integram o projeto Hadeep, que tenta expandir o conhecimento sobre a vida nas fossas oceânicas, as regiões mais profundas do mar.

fish2

Imagina um sushi desse bicho...

 

 

Os peixes encontrados no mar profundo perto da Nova Zelândia têm a seguinte aparência: cor de rosa pálida, com corpos arredondados e caudas longas.
Os habitantes da Fossa Kermadec são de uma espécie conhecida como Notoliparis kermadecensis,

“Essas espécies nunca são encontradas fora das fossas – são regiões muito isoladas. Você pode imaginar as fossas como se fossem ilhas.” Diz Monty Priede, diretor da Oceanlab.

Os peixes foram fotografados com o uso de um minissubmarino acoplado com uma câmera, conectado a um barco e controlado a partir da superfície.

O submarino foi carregado com peixes podres, para atrair os animais do fundo do mar e permitir que eles fossem fotografados e estudados.
O recorde oficial do peixe encontrado à maior profundidade é do Abyssobrotula galatheae, localizado no fundo da Fossa de Porto Rico, em 1970, a uma profundidade de mais de 8.370 metros, (os pesquisadores tentaram retirar o peixe para estudá-lo, mas ele morreu antes de chegar à superfície).